Relato de Hospital #30

25.08.2020

Por:

"Mexa seus braços como um passarinho"

Estávamos eu e Esperanza acompanhados pelos aspirantes do Nariz Solidário, Maninho, Aldenora e Ariela. O dia estava chuvoso e frio, mas nossos corações estavam quentes e dispostos! Apesar do frio, as crianças estavam muito animadas e, as que podiam, estavam fora da cama. Em cada quarto que entrávamos, era muito fácil estabelecer um jogo, uma brincadeira, porém estava difícil sairmos para outro quarto, as crianças estavam excepcionalmente dispostas a ponto de saírem dos quartos e nos acompanharem no corredor, e este se tornou um parque de diversões. Entre nós uma garotinha numa cadeira de rodas, aborrecida por não poder brincar como as outras.

 Foto: Thais Porsch

 

Como um passe de mágica a Esperanza começou a agitar os braços se preparando para um enorme vôo, e voou também as demais andorinhas por ali, Thayslaine, com olhar triste, exclamou:  "não posso voar como eles!".

 

Perguntei resoluto:
"Como não?" Aposto que você consegue voar tão rápido e tão alto quanto eles! Ela arregalou os olhos desconfiada e perguntou: "Como?"

"Mexa seus braços como um passarinho" e comecei a empurrar aquele pequeno avião monomotor com uma andorinha dentro, e ela "voou" com a demais andorinhas e com a enorme desajeitada da Esperanza! Voamos até o esgotar de nossos combustíveis pulmonares. Ao final, nos despedimos daquela moldura e daquela suspensão, um "Amei voar mãe" soou como um vento. Aqueles olhos marejados de sua mãe nos guiou adiante e avante. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Logo_Nariz_Solidário_oficial_-_alteração

Curitiba | Campo Largo, PR

narizsolidario@gmail.com

(41) 99677 - 8713