Please reload

Posts recentes

Relato de Hospital #26

25.03.2019

Era um domingo...


em uma das visitas no Hospital Infantil. Estávamos nos preparando para iniciar a visita.... aquele momento onde se busca o estado de palhaço... a vitalidade, generosidade, alegria,  a energia.... no contato, na conexão, no olhar... no outro e em si mesmo.... 
Formamos duplas... estava eu e Caculé.
Iniciamos aquela visita tão animados, com aquela vontade de se conectar, de se encontrar... e aquela expectativa de como seria, o que poderia acontecer... 

E assim... com toda essa energia, entramos no 1° quarto.

 

 

Encontramos uma menina... muito debilitada no leito... seu pai e outra acompanhante ao redor da cama. 

( Neste quarto também havia outra paciente, estava no colo de sua mãe... Também um tanto debilitada...)

 

O pai da menina, afetado com nossa presença... começou a insistir para que a menina de alguma forma se comunicasse conosco.... Não tendo retorno, explicou que, devido seu estado de saúde complicado, ela tinha muita dificuldade pra falar....

Ficamos apenas ouvindo aquele pai desabafando a situação que sua filha vivia já há algum tempo.... 

 

Foi então, que decidimos nos conectar com ela... 
E apostamos num simples "Oi"

 

Olhamos pra ela... voltamos a atenção não para o problema.. mas para a pessoa... ela!

E insistimos no "Oi"... singelo... doce... verdadeiro e cheio de esperança.... sim, porque dei o "Oi" acreditando que realmente ela poderia me responder... 

E de repente... percebi que ela respirou fundo... e buscou lá no fundo o ar que precisava... de forma lenta, mas intensa... 
E disse : "Oooooooooooooiiiii" !!!!!!

Sim... escrevi assim, pois foi bem assim que ela disse "Ooooooooooooiiii" !!!!
Ficamos perplexos... Nós todos... a reação de surpresa e alegria tomou conta de todos.... 

 

Foi o "Oi" mais lindo que já ganhei!!! 

Depois disso.... tentamos retribuir o "Oi" da menina... 
Ensaiamos... nos preparamos e com muita vontade... tentamos devolver o "OoooooOoooiiiioi" pra ela. ( Nesse momento, a outra menina que estava no colo da mãe, abriu um sorriso tão lindooo.... que também nos surpreendeu e nos afetou um tanto)

 

Aquele momento foi tão intenso, que afetou e reverberou em nós... e nos outros quartos... 

Em reflexão sobre a visita, percebemos que de fato, a energia maior não estava em nós como estávamos pensando no início da visita.... Mas recebemos uma carga de energia com aquele "Ooiii" que aquela menina procurou e tirou fundo da alma, mesmo com poucas forças!

 

Não lembro o nome dela... mas não esqueço sua energia!

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags