Please reload

Posts recentes

Relato de hospital #13

24.07.2017

Por:

O ato de experimentar o que te dá aquele frio na barriga, ainda mais quando se sabe que está com uma intenção de fazer a alegria e de sentir a alegria refletida, é algo interessante e mágico. Entrar em um hospital como paciente ou acompanhante tende a ser  "sofrido", angustiante, esperançoso, etc, sei lá, um misto de emoções, é ir de 0 a 100 em frações de segundo. Mas quando existe a possibilidade de  ir a este ambiente de livre e espontânea vontade, como um ser "de luz" buscando a neutralidade para equilibrar estes sentimentos alheios, posso te dizer que a satisfação é imensa. No final o corpo e a cabeça sentem aquele cansaço, mas a alma fica livre e o coração repleto daqueles sorrisos arrancados espontaneamente, daquela atenção dada e recebida da maneira mais pura e verdadeira. Parece um ambiente nada propício para sorrir, se divertir e interagir, mas gerar felicidade, sendo uma usina de boas vibrações com certeza é uma boa parte da energia que move e encaminha todas as recuperações. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags