Nariz vermelho


É um sorriso que chega de mansinho, que traz um carinho. É um olhar que transforma a forma de amar. É o jeito de viver que toda a dor faz esquecer. É o palhaço que de tão bobo te prende no abraço e te faz mais bobo que ele ser. É a gargalhada que te deixa espantada e constrangida com tanta energia. É o corredor que se enche e vibra com tanto amor. É o palhaço no hospital trazendo para aquele lugar vida vital! Falando no que é vital, cadê aquele sorriso de canto de boca? Cadê aquele olhar envergonhado? Cadê aquele amor transbordando? Ah! Está bem ali! Naquele nariz vermelhinho posso enfim ver um caminho. [if !supportLineBreakNewLine] [endif]

Posts recentes