Please reload

Posts recentes

Nariz solidário na Mostra Buster Keaton

26.08.2016

Por:

Tão logo fomos aprovados no processo seletivo do Nariz Solidário, entramos em um processo formativo. Dentre eles, um vídeo de Nadja Moraes (Palhaça Macarena) que fala sobre o trabalho de palhaço de hospital. Marcou-me de sua fala, que o trabalho de palhaço não precisa ser engraçado, mas interessante (e interessado, complementaria). Ali, a recomendação de assistir Buster Keaton, o palhaço que não ri. Fiquei de buscar vídeos no youtube mas em meio à correria do cotidiano, não fiz. Mas, também em meio à correria do cotidiano, passei em frente à Caixa Cultural e espantei-me com o cartaz da programação: Mostra Buster Keaton, de 23 a 28 de agosto.

 

 

Compartilhei com os amigos e amigas do Nariz e combinamos de ir na abertura, dia 23. Com a presença dos curadores, assistimos à exibição de um curta e um longa metragem, One Week (1920) e Sherlock Jr (1924), respectivamente. Rimos. Rimos de sua genialidade. Rimos de um sujeito de cara neutra, que não ri. Rimos, porque o estado do palhaço está presente a todo momento. Rimos, porque Keaton é interessante. A lógica fantástica ao resolver seus problemas, poderiam ser chamadas de absurdas para o senso comum. Levamos um catálogo lindíssimo da mostra, com diversos artigos sobre sua obra. Dentro do artigo de Roberta Takanmatsu, achei a melhor definição pra falar de sua genialidade:

“Parece tentador adjetivá-lo de “inábil”. E não se trata disso. Como indicou o crítico Inácio Araújo, “ele não é um desastrado. É aquele que parece a cada gesto provocar o caos do mundo”. Ele é o sujeito da ação, aquele que, mesmo buscando agir de maneira correta e até banal, acaba por provocar um desconcerto no mundo. Ou poderíamos dizer que ele evidencia o próprio desconcerto do mundo? Um mundo indominável, cujas forças atravessam e tentam reter o humano, tentando ajustá-lo dentro de uma (des)ordem não aceita por este corpo”. (2016, p.29).
 

Sejamos como Keaton: interessantes, interessados, desconcertantes.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags